Menos Rede Social, Mais Felicidade!

Levando em consideração o aumento dos níveis de stress devido a situação global em relação a pandemia, decidi rever alguns dos meus hábitos com o objetivo de melhorar minha saúde mental. Algumas citações que já devemos ter visto por aí menciona que nos tornamos aquilo que nossa mente consome, levei isso em consideração e comecei a notar que tipos de coisas estavam presentes em minha rotina aos quais estavam contribuindo para o aumento do nível de stress ou me colocando em temperamentos ou sensações obscuras, com cansaço ou sem qualquer sentido diminuindo também a qualidade do sono.

Um ponto que realmente prendeu minha atenção foi o quanto a rede social estava presente em minha rotina, ao qual estava gastando por volta de 1 hora do meu dia apenas no Instagram e alguns minutos em outros apps como Twitter e Facebook. Então me perguntei,

“Por que estou gastando tanto tempo nesse meio digital vendo a vida de outras pessoas ou as vendo oferecer produtos e serviços, sendo que no final de tudo eu não me sinto nem realizado e muito menos feliz sobre tudo isso? Quais são os resultados que isso está trazendo para minha vida nesse momento?

Jan Purisco

A resposta era: Nada, em sua maioria não estava me trazendo valor e eu precisava tomar uma decisão sobre isso.

Eu não poderia apenas ficar offline para sempre, atualmente tudo é sobre digital e as vezes necessitamos estabelecer comunicação com alguém ou buscar alguma informação específica. Para evitar mudanças radicais, decidi apenas remover os apps do celular e apenas logar através do desktop/laptop, diminuindo em quase 80% do seu uso. A razão por trás deste número é porque normalmente quando estou utilizando o desktop/laptop ou estou trabalhando ou estudando, estou muito mais ocupado e sem espaço para o tédio que normalmente é preenchido pela rede social.

A partir do momento que removi os apps, diversas vezes vi meu dedo tentando alcançar o local onde o ícone do Instagram estava anteriormente, desta maneira sentindo uma estranha sensação em minha mente como se tivesse perdido alguma coisa.

Enquanto acesso as redes sociais através do desktop/laptop, a experiencia do usuário é bem diferente comparada ao mobile onde estamos acostumados com todos os movimentos e atalhos, além disso há muito mais dificuldade em acessar o desktop enquanto estamos na rua ou em qualquer atividade social ou em trânsito. Em diversos estudos (eu não vou listar-los agora) podemos ver que o vício por redes sociais ocorre devido ao estimulo de dopamina no cérebro enquanto mudamos de tópicos e imagens.

Através da minha primeira semana com a redução de uso de redes sociais, pude notar as seguintes diferenças em minha rotina:

Noção do Ambiente

Como não estava olhando a tela do meu celular ou me mantendo “ocupado” com ele, obtive mais tempo disponível para buscar atividades que antes estava esquecidas pela “falta de tempo”. Algumas dessas atividades não eram nada produtivas porém me traziam felicidade, como jogar video game, ler livros e quadrinhos, ouvir música, assistir filmes velhos etc.

Desta maneira pude aproveitar mais minhas atividades sem nenhum tipo de interrupção e assim ter mais diversão em meu dia! Este é um aspecto importante quando você tem um dia estressante, o que você gostaria, gastar seu tempo livro vendo a vida de outras pessoas ou se divertindo? Claro que se divertindo você se sentirá melhor ao fim do dia.

Melhor Qualidade de Sono

Por alguma razão foi mais fácil cair no sono, acredito porque minha mente não estava sendo estimulada antes de ir dormir com todos os tipos de informação sobre política, corona, carros e outros assumos, que no fim não possuem relação alguma um com o outro e que aparecem a cada segundo em nosso timeline.

Meu sono também ficou mais estável e pude ter sonhos melhores, porém isso é algo particular do meu lado e que não pode ser aplicado para todos desde que temos um grande número de variações por cada pessoa.

Interação com Outros

Claro que minha interação com outras pessoas melhorou, basta pensar quanto tempo gastamos no celular enquanto estamos em um jantar com alguém ou com um grupo de pessoas, ou até mesmo na Academia. Parece que estamos esquecendo das pessoas à nossa volta e apenas focando no ambiente digital onde pessoas são contatos, interações e mensagens.

Senso de Propósito Aumentou

Ter mais tempo livre me fez procurar por coisas que eu realmente gosto de fazer, mesmo sendo as vezes atividades para melhoria de si mesmo ao qual demanda energia e pensamento, desta forma houve o aumento do meu senso de propósito na vida pois estaria com mais objetivos. Uma situação muito diferente de passar um tempo considerável nas redes sociais tendo a sensação que os outros estavam tendo melhor momentos ou tendo melhores conquistas do que eu.

Finalmente eu estava focado em viver para mim mesmo!

Diminuição do Stress

Enquanto consumia informações inúteis sobre coisas que não estava buscando ou que não possuía nenhum senso de controle, meus níveis de stress estavam aumentnado e eu estava me sentindo sufocado pois não poderia fazer nada sobre esses temas ou porque estes tipos de coisas não faziam parte da minha atual realidade.

Remover este estímulo da minha mente e me dar a liberdade e poder para procurar pela informação que eu gostaria de ler me trouxe tranquilidade, paz e foco enquanto consumia a informação que eu realmente estava à procura.

Produtividade e Foco

Todos querem um lifehack para serem mais produtivos e os melhores onde estão, vocês podem alcançar tudo com ou sem o uso de redes sociais, o ponto aqui é o quanto isso te afetará no final do dia. Remova os apps do seu telefone e verá quantas vezes por dias tentará acessá-los. Este comportamento te cansará ao final de um dia stressante, já que está lidando com múltiplas atividades e também acessando as redes sociais para mais informações a fim de dar mais “prazer” a sua mente.

O que devo fazer com as Redes Sociais?

Minha opinião é, eu acredito que a melhor forma de não deixar as redes sociais afetarem a sua vida é definir qual é o propósito do seu uso, Por que tenho que tê-la e Por que devo acessá-la? Por exemplo, algumas pessoas a utilizam para melhorar relações humanas ou construir networking, outras para levantar seus negócios e outras para para se mostrar.

Todo por que ou razão por trás do uso das redes sociais é valido desde que não afete a sua saúde mental ou ofenda outras pessoas enquanto a utiliza.

Tagged : / / / /

Como ser uma pessoa melhor nas redes sociais? O paradoxo por trás disso

Redes Sociais são atualmente um dos principais direcionadores da sociedade atual, nos levando a aplicar tendências, descobrir necessidades, criar comportamentos e até sentir medo ou felicidade.

Será que sabemos quanto que nossa presença na internet impacta a sociedade? Quantos de nós assumimos responsabilidade pelas nossas postagens? Quantas vidas estamos impactando através da nossa mensagem que provavelmente possui selfies, exibição de status, visões sociais e políticas ou até mesmo tendências engraçadas, normalmente nos levando a uma grande diversidade de sentimentos como vaidade, baixa auto-estima, medo e depressão.

Redes sociais nos leva principalmente para a auto promoção (é apenas sobre nós e nunca sobre outros) construindo novos valores na sociedade, onde ter curtidas e ser bem reconhecido por outros é considerado sucesso. Para isso, em sua maioria as pessoas fazem qualquer coisa como, cirurgias plásticas, pular de carros em movimento ou até gravar acidentes ou pessoas se machucando.

Isso tudo conecta ao Narcisismo.

Transtorno de Personalidade Narcisista afeta por volta de 1% da população em geral e grandes níveis de Narcisismo podem se manifestar de forma patológica que também leva ao transtorno, ao qual o indivíduo superestima suas habilidades e tem uma excessiva necessidade de admiração e afirmação, também com uma forma arrogante de pensar e agir, pouca empatia e consideração aos outros. Pessoas com Transtorno de Personalidade Narcisista são descritas como arrogantes, manipuladores, egoístas, condescendentes e exigentes. Estes aspectos emergem em cada área da vida de um Narcisista, do trabalho e amizades até a familia e relações amorosas.

Pessoas Narcisistas são extremamente resistentes a mudança do seu comportanto, mesmo que esteja lhes causando problemas, a tendência normalmente é de culpar os outros e são extremamente sensíveis e reagem mal a qualquer tipo de crítica, desentendimento, aos quais consideram como ataques pessoais.

O paradoxo existente nas redes sociais é que ao mesmo tempo que conectamos com outros a fim de nos aproximar mais, aumentamos a nossa distância a partir do momento em que pensamos apenas e únicamente sobre nós mesmos, esperando elogios, admiração e afirmação daqueles que nos rodeiam, resultando gravemente na falta de empatia e união.

Como a sociedade pode crescer em conjunto e de forma igualitária em uma boa direção com estes valores e características? Como uma sociedade Narcisista com falta de empatia pode ser sustentável se não nos apoiamos e apenas olhamos para si mesmos?

Todas as pessoas podem ser grandes porque todas podem servir. Não é preciso ter um diploma universitário para servir. Não é preciso fazer concordar o sujeito e o verbo para servir. Basta um coração cheio de graça. Uma alma gerada pelo amor.

Martin Luther King Jr.

Redes Sociais se bem utilizadas podem ser tornar uma ferramenta poderosa para o bem da sociedade, numeros casos podem ser listados onde pessoas receberam doações e suporte em casos urgentes, histórias inspiradoras foram compartilhadas, debates inteligentes geraram grandes soluções e mais do que nunca pessoas que admiramos estão mais acessíveis ao nosso contato.

Pensando ou servindo pessoas em nosso cotidiano, incluindo nas redes sociais, nos leva a aumentar a empatia e a ter um melhor e positivo impacto na sociedade. Para cada ação precisamos perguntar a nós mesmos quais são os resultados que queremos gerar na vida das pessoas, se essas estão realmente de acordo com nosso proposito e valores de vida. Redes sociais fazem a comunicação mais fácil, então como devemos usar esta ferramenta para levar um impacto positivo na vida das pessoas?

Nossa presençã na internet é tão importante quanto nossa presença física cotidiana, por isso devemos dedicar nosso tempo de forma inteligente e definir como podemos levar um impacto positivo aos outros através do nosso conteúdo e comportamento, parece simples mas pode ser um grande desafio em um mundo onde o Narcisismo é um traço comum e valorizado.

Post inspirado pelos seguintes conteúdos:

Jocko Podcast 221: Jonny Kim. Navy SEAL, Doctor, Astronaut. The Unimaginable Path.

Narcissism – Wikipedia

Narcissistic Personality Disorder – HelpGuide.org

Art: Bosch, Hieronymus – The Garden of Earthly Delights, right panel – Detail Bird-headed monster or The Prince of Hell – close-up head

Tagged : / / /

Como fico rico?

Em um mundo cheio de comparações nas redes sociais, nos acostumamos a pensar que ficar rico é a solução para todos os problemas na vida, mas as coisas não são assim, cada vez mais vemos artístas famosos ou pessoas ricas em notícias relatando depressão, vício em drogas ou até suicídio. Por exemplo, não importa o quanto rico você for, se não está feliz consigo mesmo ou tratando todos de forma igualitária, você pode ter todo dinheiro do mundo e ainda assim ser pobre, então nesse caso riqueza não vem de dinheiro em si mas de outros aspectos na vida.

Baseado em minhas experiências, listei 3 aspectos principais que te farão rico:

#1 – Saúde

Seu corpo é como uma máquina e saúde é seu motor, se não operá-la corretamente ou escolher para enchê-la de combustível de má qualidade ela acabará quebrando ou pedindo por manutenção através de doenças. Boa saúde é o principal aspecto que te levará ao sucesso e será um “passo à frente” de seus competidores. Sem ela, tudo pode ficar mais difícil através de cansaço, depressão e falta de motivação. Se você possui restrições, foque na boa alimentação e na realização de pelo menos 30 minutos de qualquer exercício físico todos os dias, evitando drogas, álcool e finalizando seu dia com uma boa noite de sono.

Principais pontos para melhorar sua saúde:

  • Exercitar 30 minutos todos os dias
  • Diminuir açúcar e carboidratos, aumentar quantidade de vegetais e grãos
  • Evitar qualquer tipo de drogas e álcool

#2 – Espírito

Esteja em paz consigo mesmo, evite pensar demais e faça seu caminho fora da depressão, encontrar equilíbrio entre você e o ambiente, quem está em paz consigo mesmo também estará com aqueles à sua volta. Fazer a diferença, tratar todos de forma igualitária (do faxineiro ao CEO), sem preconceitos ou tratamentos ruins, e focar sempre em fazer o bem. Ter mais empatia, conectar-se à natureza, encontrar aquilo que te leva à paz. Se você não possui paz interior, nunca ficará satisfeito com aquilo que tem ou que alcançou, será uma jornada infinita à procura da felicidade.

Principais pontos para melhorar o Espírito:

  • Realize atividades outdoor Start doing outdoor activities, aumente o contato com a natureza
  • Reserve um momento para escutar a si mesmo, sem qualquer interferência externa, busque meditar ou realizar uma atividade sozinho
  • Para cada pensamento negativo, busque outros 2 positivos

#3 – Conhecimento

Depois de acertar tudo (Saúde e Espírito), você pode buscar conhecimento que é a chave principal para abrir novos caminhos e oportunidades em sua vida, apenas assim será possível alcançar seus objetivos. Conhecimento é um dos verdadeiros diferenciais em nossa sociedade que valoriza futilidade e aparência mais que a verdadeira realidade.

“Conhecimento é poder.”

– Francis Bacon

Principais pontos para melhorar seu Conhecimento

  • Estudar pelo menos 30 a 60 minutos todos os dias, podendo ser qualquer tema desejado
  • Escutar podcasts durante o caminho
  • Filtrar sua rede social e começar a assinar conteúdo de qualidade que traga valor a sua vida

Tendo estes 3 aspectos em equilíbrio, dinheiro eventualmente chegará à você como uma consequência de todas as ações, e talvez não haverá necessidade para tanto quanto pensava pois ao estar em paz consigo mesmo e com os outros tudo ficará melhor e não será necessário buscar a felicidade através do dinheiro.

Foto: Kamilla Kvamme

Tagged : /

De onde vem minha ansiedade?

Hoje em dia é bem comum sentir ansiedade durante o dia, e muitas das vezes não sabemos o porquê e nem de onde essa ansiedade vem. Nós simplesmente não notamos os gatilhos que desencadeiam essa sensação, mas o que realmente notamos é a nossa ansiedade.

É comum não reconhecer que nossos pensamentos são gatilhos significativos, muitas vezes temos diálogos stressantes ou criamos situações catastróficas em nossa própria mente. Por exemplo, revivendo uma conversa recente que causou stress, ou lembrando de um comportamento ruim de outras pessoas ou situações desconfortáveis no trabalho. Ou criando narrativas cadastróficas como ter a própria casa em chamas ou preocupado que algo ruim possa acontecer com aqueles que amamos, e imaginando como reagiríamos a isso ou criando os piores cenários para áreas profissionais ou pessoais em nossas vidas.

Em nossa cultura e ambiente digital, parecemos cercados e sempre conectados a telas e dispositivos, expostos a opiniões de outras pessoas, pulando aba por aba, app para app, website para website, quase que automaticamente sem prestar atenção no processo. Desta maneira, não percebemos que durante esse processo ainda estamos respondendo emocionalmente ao que estamos consumindo, por exemplo, notícias sensacionalistas, imagens perfeitas do Instagram, emails e outros, todos que de forma inerente poderm se tornar o gatilho para sua ansiedade. De qualquer forma, isso não pode ser notado já que estamos super focados nesta atividade / comportamento.

Como minimizamos os gatilhos inerentes à ansiedade?

Documente Todo Gatilho – Tenha uma visão de fora, olhe para si e pergunte-se sobre o que aconteceu imediatamente antes de sentir ansiedade, liste pensamentos, sensações físicas e o que você fez, por exemplo, se bebeu muito café, pensou sobre uma lista de pendências, lembrou de uma memória do passado ou se acabou de ler um e-mail. Fazendo essas anotações um caminho mais claro para chegar a uma solução pode se abrir.

Diminua a Respiração – Diminuir a velocidade da respiração aumentará a oxigenação no seu cérebro e também diminuirá o seu ritmo cardíaco. Respire através do seu nariz e conte de 4 a 6 segundos, segure por 1 a 2 segundos e depois solte através de sua boca por 4 a 6 segundos.

Ligue os Sentidos – Encontre cinco coisas que pode ver, quatro coisas que pode tocar, três coisas que pode ouvir, duas coisas que pode sentir o cheiro e uma coisa que possa sentir o gosto. Isso mudará e tirará seu foco da ansiedade e ajudará a se conectar ao momento atual / presente usando seus cinco sentidos.

Relaxamento Muscular – Busque no seu corpo músculos tensos e tente liberá-los. Relaxe sua mandíbula, abra sua boca e garanta que sua língua está tocando a parte de baixo da sua boca.

Encare Seus Medos – Evitar apenas aumenta e fortalece ansiedade, encarar seus medos, é uma habilidade conhecida como “exposição”, que efetivamente pode reduzir ansiedade.

Consuma Bons Conteúdos – Assim como comer de forma saúdavel, devemos fazer boas escolhas quando consumir conteúdo nas redes sociais ou em qualquer meio digital. Pare de assistir ou ler notícias ruins, seguir perfils vazios e sem valor nas redes sociais. Tente encontrar aquilo que adicionará valor, conhecimento e alegria para sua vida.

Fique Off-line – Ficamos conectados quase 24 horas por dia, é importante definirmos um momento do dia para desligarmos tudo e ter uma conversa com nossos próprios pensamentos sem que haja interrupções de notíficações mobile. Desta forma limparemos nossa mente da ansiedade que vem do meio digital.

Ansiedade pode vir do nada, como um objeto caindo do céu e batendo na sua cabeça, mas se olharmos a fundo, percemos que existe uma razão, um sentimento ou um comportamento que atuará como um gatilho para isso. Identificando a causa do problema, poderemos fácilmente encontrar novas formas de resolvê-lo.

Post baseado em: When Your Anxiety Doesn’t Have a Trigger

Arte: “Glenn”, 1984 – Jean-Michel Basquiat

Tagged : / / / / /

Dormir menos que 6 horas afeta o nível de testosterona

É difícil viver em um mundo onde as mudanças são rápidas e dormir menos é uma oportunidade de ser mais produtivo, desta forma podemos encontrar problemas sem realmente saber a causa deles.

Encontramos diversas pessoas que sentem orgulho por dormir menos que 5 horas ou por fragmentar o sono, alegando que sua genética foi feita dessa forma e que não sentem nem necessidade de mais do que isso.

Fragmentação do sono e apneia obstrutiva são associados a redução dos níveis de testosterona, afetando diretamente o nível de testosterona pela manhã onde sua produção é prevista de acordo com o total de tempo dormido.

Testosterona é essencial para o comportamento sexual e reprodução, e tambél é possui benefícios na produção de massa muscular e força, adiposidade, densidade óssea, vigor e bem-estar e também na produção de glóbulos vermelhos

Neste estudo, homens saudáveis se voluntariaram e dormiram 8 horas na primeira semana (11pm – 7am) em suas casas, e depois passaram 11 dias no laboratório por 3 noites obtendo 10 horas de sono (10pm – 8am) seguidos de 8 noites de 5 horas de sono (12:30am – 5:30am).

Um dos efeitos notados durante o dia, em um horário comum as condições (8am – 10pm), os níveis de testosterona estavam menores após a restrição do sono enquanto os níveis de cortisol se mantiveram semelhantes em ambos os casos.

Nessa experiência, o nível de testosterona diurna diminui de 10% a 15% em apenas uma semana de restrição de sono. Essa forma de viver é algo bem comum pela grande maioria da população urbana e nós podemos ver os sintomas de deficiência androgena incluindo baixa energia, redução do libido, baixa concentração e aumento da sonolência, todos ligados a privação de sono.

Mesmo que seja exigido de nós ser extremamente produtivo em nosso cotidiano, dormir é ainda uma atividade obrigatória, se isso não for considerado, podemos nos colocar em um caminho repleto de sintomas e futuramente de doenças sem realmente saber suas causas, e começar a nos medicar com algo que poderia ser previnido apenas dormindo.

Post baseado em: Effect of 1 Week of Sleep Restriction on Testosterone Levels in Young Healthy MenFREE

Arte: “A Lua” – Tarsila do Amaral.

Tagged : / / / /

Trabalhar demais é sinal de depressão?

Não esperamos que pessoas deprimidas tenham sucesso no trabalho, estejam rodeadas de riqueza, poder e prêmios.

Mas isso tem se tornado um problema comum em nossa sociedade, e muitas vezes os sinais tem aparecido de formas diferentes. Como sempre esperamos que as pessoas deprimidas fiquem na cama o dia inteiro olhando para o teto ou falando muita negatividade.

Depressão Aparente é o tipo mais comum pois seus sintomas duram no mínimo por 2 semanas, onde ele/ela sente-se para baixo ou triste, ou tem desinteresse em atividades que dão prazer, incluindo sexo. Pelo menos 4 dos seguintes sintomas são mostrados: perda ou ganho de peso, pouco ou muito sono, cansaço, sensação de ser inútil ou culpado, dificuldade de tomar decisões ou esquecimento, e preocupação com morte ou suicídio.

Depressão Escondida é mais difícil de ser identificada, ela é oculta para aqueles envolta e principalmente para o próprio consciente da pessoa que sofre, levando a diversas ações como irritabilidade, comportamento violento, dominação, alcoolismo, vício em trabalho, ausência emocional afastando aqueles que amam.

Quando uma pessoa com depressão escondida consegue obter conexão com seu objeto de vício ela encontra paz e se sente bem consigo mesma. Mas quando essa conexão é interrompida, sua auto-estima sucumbe e assim sua depressão escondida começa a reaparecer.

Como mencionado acima, a depressão escondida pode levar a diferentes formas de comportamento, especialmente o vício em trabalho, neste caso a pessoa sempre buscará pelo seu vício com o objetivo de encontrar a felicidade ou paz. Mas isso nunca será uma solução sustentável pois assim que encerrado todos os sintomas aparecerão novamente e assim teremos um ciclo vicioso. Quando estiver de volta, o sentimento inicial do vício nunca será recriado, e a necessidade por aquilo só irá aumentar até não conseguir voltar mais e ser livre.

Sempre preste atenção em seus sintomas em seu cotidiano, mas também tente olhar para suas ações com aqueles a sua volta e principalmente com a forma que trata a si mesmo.

Baseado no Livro: I don’t want to talk about it – Terrence Real

Arte: Zdzislaw Bersinski

Tagged : / / / / / /

Por Que e Como Acordar Cedo?

As pessoas sempre me perguntam por que eu gosto de acordar cedo, então segue um guia completo do porque e como começar isso!

Por que acordar cedo?

  • Você terá tempo para dedicar unicamente à você, isso porque não haverá nenhum tipo de distrações já que a maioria das pessoas estarão dormindo.
  • Fazer algo verdadeiro para você logo cedo contribui para que seu dia seja melhor já que estará começando o dia com o pé direito
  • Seu dia terá mais horas para serem utilizadas
  • Estabelecer uma melhor rotina para você resultando em mais disciplina, maior foco e resultados.

O horário mais cedo do dia pode ser utilizado para aquelas atividades que foram esquecidas por qualquer que seja suas razões. Você poderá melhorar consideravelmente ao se dedicar 30 minutos do seu dia em algo relacionado a esportes, saúde espiritual, estudos ou qualquer tipo de atividade que fará se sentir melhor ou que contribuirá para alcança seus objetivos a longo prazo.

Como acordar cedo?

  • Escolha um dia para começar, podendo ser qualquer dia, mas não foque nas segundas-feiras como a maioria das pessoas fazem.
  • Organize suas coisas na noite anterior, como roupas de academia, equipamentos, café da manhã, pré e pós treino, hidratação, roupas de trabalho etc.
  • Coloque pelo menos 2 alarmes em diferentes equipamentos, por exemplo relógio e celular.
  • Tente dormir um pouco mais cedo que o normal.

Dicas

Sem cafeína depois do meio-dia, seus efeitos podem durar no mínimo 5 horas em seu corpo.

Sem refeições pesadas a noite, evite açúcares e gorduras, tente comer de forma limpa a fim de evitar indigestão durante o sono. Lembre-se, esta refeiçao será reponsável pela forma como você se sentira na manhã seguinte, será o seu combustível para a sua atividade.

Para de procrastinar no seu celular perto da hora de dormir, claridade da tela e todo o estímulo causado pelas redes sociais podem acabar com seus pensamentos e te colocar longe do caminho de ter uma boa noite de sono.

Cama é para dormir ou para sexo, comece a desacelerar a noite e não use a cama para pensar em problemas ou ter conversas pesadas com seu parceiro.

Não pense duas vezes, quando o alarme tocar levante e se vista. Se você pensar por alguns segundos acabará dormindo novamente. Lembre-se da regra dos 5 segundos.

Comece amanhã e tenho certeza que começará a se sentir ainda melhor. Caso isso não se encaixe em sua rotina, tudo bem, adapte focando em sempre ter pelo menos 30 minutos do seu dia dedicados unicamente a você.

Tagged : / / /

Escolha o que é CERTO!

É natural do ser humano buscar o conforto, aquilo que é mais fácil ou que não possui riscos, porém é através dos caminhos mais difíceis que virão as maiores conquistas.

Cada pequena decisão diária contribuirá para a construção de um novo futuro, desta forma lute contra sua própria mente para ir atrás daquilo que irá somar para atingir o seu objetivo e não por aquilo que é mais fácil e confortável naquele momento.

5 segundos é o tempo necessário para desistir ou seguir em frente, mesmo que seja difícil como acordar cedo em uma segunda-feira, continuar firme em uma dieta ou dar conta daquela tarefa que está sendo evitada, seguir em frente sempre fará você se sentir melhor e mais valorizado.

Nossas decisões já se iniciam a partir do momento em que acordamos então faça valer cada segundo e coloque na sua mente aquilo que realmente precisa ser feito.

Boa semana!

Tagged : / / / / /

Priorize e Execute

Toda segunda-feira começamos mais uma jornada no nosso triathlon semanal, caixa de e-mail lotada, diversas cobranças e outras formas de acabar com a nossa alegria,

Atualmente estamos rodeados de múltiplos problemas que acontecem de forma simultânea, e isso é um risco pois se quisermos resolvê-los ao mesmo tempo acabamos resultando em falhas.

Priorizar e Executar, é o exercício ideal para a segunda-feira, de acordo com seus objetivos escolha a tarefa que mais necessita de prioridade e garanta que ela seja executada durante a semana! Se for o caso, comunique aqueles à sua volta, e reserve em sua agenda as horas necessárias para sua execução. Após sua conclusão, repita o exercício e escolha mais uma tarefa a ser priorizada.

Lembre-se do Triathlon, onde focamos primeiro na natação, depois no ciclismo e por fim na corrida, utilizando da transição para estarmos prontos para a próxima execução e sempre visando o principal objetivo de concluir no melhor tempo possível.

Boa semana!

Tagged : / / / / /