Negócios

O que fazer quando estiver sobregarregado?3 min read

Diversas vezes nos sentimos sobrecarregado de demandas, projetos, problemas inesperado ou qualquer coisa que vá ocupar nosso tempo enquanto aumenta a quantidade de stress diário. É uma situação comum onde queremos dar o nosso melhor para tudo e todos, desconsiderando qualquer ajuda ou possibilidade de delegar isso para alguma pessoa, talvez porque assumimos que somos fortes e capazes o suficiente para lidar com isso ou porque somos os únicos realmente capazes de atingir o melhor resultado, considerando qualquer outra pessoa incapaz.

Centralizar tudo é um erro comum e deve ser evitado, mesmo que façamos o máximo para atingir 100% do resultado, podemos apenas atingir 99% e mesmo assim pessoas vão falar sobre aquele 1% que faltou e provavelmente apontarão dedos perguntando sobre aquele 1% esquecendo daqueles outros 99% atingidos, ao mesmo tempo a sensação de culpa e baixa auto-estima aparecerá sem uma razão verdadeira.

Manter nossas cabeças abaixadas trabalhando o máximo que podemos sem prestar atenção aquilo que se encontra a nossa volta não é uma boa opção, precisamos parar, levantar nossas cabeças e observar as tendências internas e externas, entendendo unicamente a informação e perspectiva de que nossa função exerce e definir seu impacto em nível corporativo ou até mesmo em nossas vidas. Considerando nossas capacidades e objetivos, precisamos buscar e encontrar pessoas semelhantes que serão capazes de administrar nossas tarefas e responsabilidades a fim de decentralizá-la.

Decentralização de demandas permite que pessoas mantenham foco na situação como um todo, evitando ser pertubado ou distraído por pequenas tarefas, e a despender energia no que é novo ou nas responsabilidades já esperadas.

Ao decentralizar, os seguintes pontos devem ser considerados:

Confiança – A escolha de uma pessoa certa para lidar com uma de suas responsabilidades é um processo complexo, ter uma relação de confiança com ele/ela é o principal aspecto que levará você ao sucesso ou a falha. Devemos aprender a abdicar nossas inseguranças e criar o senso de deixar levar, apenas assim nós poderemos delegar tarefas, projetos e responsabilidades. Confianção não é dada as cegas, precisa ser construída com o tempo.

Disponibilidade & Conhecimento – Pessoas que recebem demanda precisam ter confiança e segurança em você, sabendo que elas estão empoderadas em tomar decisões e que em caso de adversidades elas poderão te procurar. Neste caso é preciso estar pronto para qualquer dúvidas ou emergências, sempre dando o melhor direcionamento baseando-se nos principais objetivos.

Comunicação – Uma comunicação clara e precisa é necessária, é importante explicar as razões para execução e principalmente o “porquê” por trás disso. Depois de delegar, pergunte a pessoa para falar o que ela entendeu de tudo que foi falado, assim poderá garantir que ela atenderá suas expectativas.

Planejamento – Delegar não é apenas largar a sua tarefa ou responsabilidade, é uma forma de fazer com que outros te ajudem, é necessário acompanhamento e um plano de comunicação, as coisas não podem ser soltas sem clareza. Pessoas não podem operar por si mesmas.

Paciência – É necessário ter forças para se desprender, algumas vezes o processo pode ser lento devido a reações inesperadas de pessoas ou por pouco entendimento da demanda e sua prioridade. Seja paciente, entenda os aspectos que precisam melhorar e encontre novas formas de atingir seu objetivo.

Ninguém possui a capacidade cognitiva, a presença física ou o conhecimento de tudo que está acontecendo a sua volta para que lidere com eficiencia ou que atinja o sucesso. Passar as demandas certas para as pessoas certas pode se tornar uma habilidade única que pode te levar ao sucesso, isso acontecerá mais vezes de acordo com a experiência, e você saberá quando alcançar isso quando pessoas se sentirem felizes ao se envolver em coisas que você faz parte.

Arte: Untitled,ca. 1948–49 – Jackson Pollock

Share
Tagged ,